Dicas de Como Desenhar Mandalas

É muito provável que saibamos, ou pelo menos tenhamos ouvido falar sobre os mandalas. Neste artigo vamos falar sobre como desenhar mandalas .

Antes de desenhar, você precisa aprender como fazer mandala, e pra isso precisamos primeiro conhecer seu significado e o impacto que ele tem em algumas culturas específicas. Esta palavra, cujo significado é “círculo sagrado” , tem sua origem em sânscrito. As mandalas são muito recorrentes na religião do hinduísmo e do budismo .

Nessas culturas, encene o círculo da vida. Esta expressão artística é uma reprodução simbólica espiritual. Ele também interpreta os rituais do microcosmo e do macrocosmo. Suas cores encenam as energias e benefícios. Nas culturas orientais existem muitas técnicas para relaxar, uma delas é pintar essas representações.

Até mesmo essas pinturas são vendidas em livros nos quais parecem sem pintura. Somente as linhas são encontradas para que você possa colorir todo o desenho que estiver em branco. Não é necessário ter conhecimentos específicos ou ser treinado em qualquer arte em particular.

A vantagem deste exercício relaxante é que qualquer um pode fazer isso . Desde, basicamente, consiste em pintá-los a nosso critério ou da maneira que mais gostamos. Se quisermos torná-lo maior, precisamos saber como ampliar um desenho.

Mandalas e seus benefícios

Esta atividade é adequada para todos os públicos . É muito benéfico ser mais criativo, ser mais sereno e ser capaz de controlar os episódios de ansiedade. Existe um estudo que prova que o desempenho das mandalas é muito eficaz na redução do estresse e da ansiedade.

Os benefícios que eles obtêm das mandalas nessas religiões são muitos e muito importantes. Vamos entender a importância dessas culturas quando vemos os seguintes benefícios que elas trazem : – Elas trazem energia positiva para o lar.

O que é muito benéfico, porque nos traz prosperidade e equilíbrio. – Por causa da capacidade de trocar energias negativas por energias positivas, elas são consideradas como tendo capacidade de cura. – Eles simbolizam calma, paz e equilíbrio. Quando observadas, essas três sensações nos invadem.

Benefícios no Ocidente

Também é benéfico para pessoas que não têm informação ou conhecimento sobre cultura oriental e mandalas. Portanto, não é necessário ser um especialista para incorporar essa prática relaxante em nossa rotina. Esses benefícios que podem nos trazer são : É uma época de descanso mental e sensorial. Existem diferentes níveis de complexidade nas mandalas. Se colorirmos um muito complexo, trabalharemos nossa concentração.

Uma vez terminada a mandala, podemos ver as cores que escolhemos para pintá-las. Isso nos permitirá conhecer nossas emoções ou humor. É um exercício que tem muito mais efeito sobre as crianças, pois elas têm menos filtros. O tempo que leva para a mandala depende da dificuldade. A tarefa pode durar cerca de trinta minutos ou ser prolongada até horas. Este intervalo de tempo é tempo de qualidade.

Estaremos sozinhos, com nossos sentimentos e idéias. É ideal para desconectar. Em algumas escolas eles estão começando a colocá-lo como um exercício para crianças. É uma maneira muito confiável de conhecer suas emoções, escolhendo cores feitas.

É muito benéfico para as crianças porque as ajuda a ter mais concentração e melhorar as habilidades motoras finas. Cores As cores desempenham um papel muito importante nessas representações, pois têm um significado muito específico e vital.

Estas são as cores e o que cada uma delas simboliza : – Vermelho. Essa cor é usada para interpretar o primeiro chakra. Isso nos dá força, paixão e nos faz sentir a importância do amor.

O orgulho também é representado por essa cor. – Laranja . Pertence ao segundo chakra. Ela incorpora ambição e otimismo. Isso nos faz sentir a força interior que temos para alcançar nossos objetivos e desejos. – amarelo É o chakra número três.

A cor amarela incorpora inteligência. A maneira de proceder corretamente e a sensação de estar livre. – verde Chakra número quatro. Verde é sinônimo de cura e esperança. Bem como o equilíbrio entre a razão e o coração Estas quatro cores diferem na categoria do seu significado. Eles têm ainda mais interpretações espirituais : – Azul. Chakra número cinco.

Essa cor evoca que sejamos tolerantes, pacíficos e calmos. – índigos . Chakra número seis. É usado para estabelecer uma boa comunicação com o nosso eu interior. Desta forma, os obstáculos que encontramos, podemos resolvê-los a partir de uma postura equilibrada e com boas ações. – violeta Chakra número três sete. É considerado mágico. É uma cor que emite espiritualidade e imaginação. – Rosa .

O oitavo chakra É uma cor cheia de charme. Inunda-nos com amizade e amor. Cores não relacionadas aos chakras As cores a seguir representam outras sensações e utilidades: branco. É o perfeito. Ele reflete pureza, nada e nos ensina que tudo deve ser feito.

É uma ótima fonte de iluminação negra. É uma cor associada à morte, ignorância ou mistério. Também a tristeza. Grey . É uma cor neutra, sábia e com um ar de renovação. Fica a espera e a calma. Roxo . Assim como o cinza, representa a sabedoria.

Ela nos encoraja a amar o próximo e a contemplação. Ouro . É uma cor que é usada para transmitir sabedoria, vitalidade, clarividência e nos chama a sermos lúcidos. Silver. Tudo relacionado ao bem-estar. Aumentar nossa capacidade extra-sensorial. Emoções em mudança

Aprenda Desenha Mandala no Vídeo Abaixo: